maio 18, 2010

Américo Nunes e Porsche em Angola

Porsche Carrera 6 em Moçâmedes
Foto do arquivo particular de Américo Nunes

No início de 1973, sendo o Campeão Nacional de Velocidade em título, Américo Nunes fez parte de uma comitiva de pilotos da metrópole convidados para ir correr a Moçâmedes num circuito automóvel organizado no decurso das "Festas do Mar" da localidade Angolana. Além do piloto que levou o seu fiel Carrera 6 para participar na corrida dos Grupos 2, 3, 4 e 5, também Carlos Santos (Aurora Porsche) e Ernesto Neves (Lotus 62) efectuaram a deslocação africana. A corrida disputada num pouco seguro circuito improvisado que passava na zona das docas, foi vencida por Ernesto Neves e Nunes ficou em 2º da geral, depois de uma luta intensa com Emílio Marta (Ford GT 40) e Carlos Santos. No decurso da viagem, Américo Nunes soube que o Carrera 6 já não poderia participar nas provas do CNV português de 1973 e decidiu vendê-lo em Angola. Desse modo, no que na época pareceu ser um bom negócio, após a corrida de Moçâmedes o 906 foi cedido ao piloto local Herculano Areias por mais 30.000$00 do que o preço de aquisição, ou seja 200.000$00 (1000€). Este valor da venda equivalerá em números redondos a aproximadamente 350 vezes (!!!) menos do que valeria hoje em dia o Carrera 6, como carro de colecção...

Texto gentilmente cedido pelo autor Ricardo Grilo e por Sportclasse, local onde foi publicado originalmente.
Lá está excelente reportagem com toda a carreira de Américo Nunes com Porsche.

Nenhum comentário:

Postar um comentário